Drone atinge milícias apoiadas pelo Irã no leste da Síria

Compartilhe

Um drone não identificado realizou ataques contra milícias apoiadas pelo Irã perto da fronteira Síria-Iraque nas primeiras horas da manhã de quarta-feira, de acordo com um monitor de guerra ligado à oposição.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, disse que o ataque tinha como alvo esconderijos de armas pertencentes a milícias pró-iranianas na região de Bukamal, no leste da Síria, uma área que teria sido alvo de Israel no passado.

Ainda assim, de acordo com o Observatório, não ficou claro se o ataque foi realizado pela coalizão liderada pelos americanos que opera na área ou por Israel.

O ataque aos depósitos de armas desencadeou explosões massivas que foram ouvidas em toda a área, de acordo com o Observatório.

No início da semana, a Síria acusou Israel de conduzir uma série de ataques aéreos contra alvos na área de Homs e Tartus em um raro ataque no início da noite na segunda-feira. O meio de comunicação estatal sírio SANA informou que dois soldados sírios ficaram feridos nos ataques, que também causaram “perdas materiais”.

A mídia síria noticiou que os alvos dos ataques de segunda-feira foram depósitos de armas no aeroporto Shayrat perto de Homs e nos arredores da cidade costeira de Tartus. Imagens de satélite da terça-feira mostraram danos significativos a um armazém localizado ao sul de Tartus, indicando que era o alvo principal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *