Entregar tanques a Ucrânia não seria entrar na guerra contra Rússia, diz Ministro alemão

Compartilhe

A entrega de armamento mais pesado para a Ucrânia, como tanques, não constituiria uma entrada na guerra contra a Rússia, disse o ministro da Justiça da Alemanha.

“Portanto, se [a Ucrânia] exercer seu legítimo direito de autodefesa, apoiá-la fornecendo armas não pode levar a se tornar parte da guerra”, disse Marco Buschmann em comentários vistos pela agência de notícias DPA.

Ele disse que essa não era apenas sua opinião pessoal, mas a do governo alemão.

A política alemã tem sido consumida desde o início do conflito no final de fevereiro pela questão de que tipo de armamento dar à Ucrânia e com que rapidez entregá-lo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.