EUA denunciam ‘relatórios confiáveis’ de forças de Putin conduzindo ucranianos para ‘campos de filtragem’

Compartilhe

A embaixadora dos EUA nas Nações Unidas destacou na terça-feira o que ela considerou como “relatos confiáveis” sobre forças russas sequestrando dezenas de milhares de civis ucranianos, confiscando passaportes e interrogando pessoas nos chamados “campos de filtragem” e depois realocando-os à força para a Rússia.

As declarações da embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Linda Thomas-Greenfield, vieram depois que o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy, falando emotamente da Ucrânia, se dirigiu ao Conselho de Segurança da ONU. Ele pediu que as tropas russas sejam acusadas de crimes de guerra por atrocidades descobertas em Bucha e nos arredores de Kiev perante um tribunal semelhante ao criado em Nuremberg após a Segunda Guerra Mundial.

“Todos nós vimos as fotos horríveis, corpos sem vida deitados nas ruas, aparentemente sumariamente executados, com as mãos amarradas atrás das costas”, disse Thomas-Greenfield, referindo-se às imagens que surgiram do massacre de Bucha depois que as forças russas recuaram da capital. região nos últimos dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.