EUA serão prejudicados se não mudarem a sua posição sobre Taiwan, alerta China

Compartilhe

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi , alertou na terça-feira que “os EUA se prejudicarão” se não mudarem sua posição sobre Taiwan e aderirem ao princípio de uma só China.

“Se os EUA continuarem a recuar na questão de Taiwan, isso prejudicará fundamentalmente a paz no Estreito de Taiwan e eventualmente prejudicará a si mesmo”, disse o ministro das Relações Exteriores em um seminário intitulado “Kissinger e as relações China-EUA”.

“As relações sino-americanas não podem se deteriorar ainda mais , e a decisão certa deve ser tomada: corrigir a cognição estratégica e abandonar a mentalidade da Guerra Fria, consolidar a base política e lidar adequadamente com as diferenças, sair da lógica da competição e melhorar as trocas e a cooperação, “, disse Wang em seu discurso.

Da mesma forma, o ministro salientou que as relações entre Pequim e Washington “enfrentam cada vez mais desafios” e o seu ambiente “é muito anormal”. Wang acredita que  “a extrema ansiedade dos EUA é totalmente desnecessária” , já que o principal objetivo da China é se concentrar no desenvolvimento do país.  

No entanto, afirmou que, no caso de Washington se inclinar “cegamente” para relações baseadas em “grande competição de poder” , tal fato “só empurrará a China e os Estados Unidos para o confronto e o conflito”, assim como o mundo inteiro para o “divisão e tumulto”.

Segundo suas palavras, “construir um mundo interconectado, diverso, inclusivo, seguro e compartilhado é uma responsabilidade e obrigação que tanto a China quanto os Estados Unidos devem assumir”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.