França promete que Rússia não ficará impune pelo massacre de Bucha

Compartilhe

A França chamou as mortes de civis em Bucha, na Ucrânia, de “um novo passo no horror” e prometeu garantir que tal ato “não fique impune”.

A França também é a favor de um regime de sanções mais rígido contra a Rússia, disse o porta-voz do governo francês Gabriel Attal durante uma entrevista coletiva na quarta-feira.

“Depois desses massacres, devemos ir mais longe”, disse ele. “O presidente [Macron] disse ao presidente Zelensky que não temos tabus em termos de sanções, e ele repetiu que estamos prontos para medidas drásticas sobre as importações de carvão e petróleo russos”.

Questionado por um jornalista por que a França não estava bloqueando as importações de gás natural da Rússia, Attal disse que as sanções estão “sendo discutidas e trabalhadas em nível europeu”, e acrescentou que é mais fácil para “nós, franceses, que só dependemos disso por 20 anos”. % [das necessidades de energia] do que para outros países que dependem dela para 50, 60 ou até 100% das suas.” 

A França “sempre disse que somos a favor de levar as sanções ao nível máximo possível, e o diálogo continua a nível europeu”, disse ele. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.