Grêmio bate o martelo e define valor para negociar Ferreirinha

Compartilhe

O atacante, que renovou seu contrato no início do ano e recebeu a camisa 10, entrou no radar do clube carioca, que gastou alto no mercado da bola

Ferreira: entrou na mira do Botafogo

Os últimos dias da janela de transferências do futebol brasileiro, que chegou ao fim na última terça-feira (12), foram agitados em todo o país. Em busca de reforços para qualificar o grupo de trabalho do técnico Roger Machado, visando o retorno imediato à Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio foi atrás de novidades no mercado da bola, como Gabriel Teixeira e Elkeson.

Além de avaliar chegadas, o Tricolor também recebeu o assédio de outras equipes nos bastidores. De acordo com informação do jornalista Matheus Medeiros, do “Canal do Medeiros”, o Botafogo, novo rico do futebol nacional, que conta com o investimento do empresário norte-americano John Textor, consultou situação de Ferreira

Em busca de alternativas para atuar como extremos na equipe treinada pelo português Luís Castro, o clube carioca demonstrou interesse no atacante, que está valorizado pelo Grêmio. Ainda conforme Medeiros, os valores indicados para a negociação avançar foram de 8 milhões de euros (cerca de R$ 40,5 milhões na conversão atual).

A pedida fez a direção alvinegra recuar nas tratativas e procurar outros nomes no mercado. No último mês de janeiro, após uma longa “novela”, o Tricolor chegou a um acordo para renovar o contrato de Ferreira. O atacante, que recebeu uma valorização salarial, teve seu vínculo ampliado até dezembro de 2024, com aumento da multa rescisória.

Durante entrevista coletiva para anunciar a renovação, o novo camisa 10 revelou ter recusado propostas por conta do desejo de ajudar o Grêmio a voltar à Série A. Na temporada 2022, Ferreira, que passou um longo período se recuperando de lesão muscular, soma sete jogos, sem balançar as redes. Em 2021 foram 14 gols e 13 assistências em 52 partidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.