Incêndio massivo atinge o sul da Espanha, quase 800 moradores foram obrigados a abandonar suas casas; vídeo

Compartilhe

Um incêndio declarado quarta-feira em Sierra Bermeja, Málaga, no sul da Espanha, já forçou o despejo de 779 moradores e afeta pelo menos três municípios da região: Jubrique, Genalguacil e Estepona.

Atualmente cerca de  200 profissionais terrestres e nove veículos pesados, além de 26 meios aéreos, entre aviões anfíbios e helicópteros, fazem parte do extintor que tenta estancar este incêndio que já atingiu um perímetro de mais de 2.000 hectares, segundo explicou a Ministra da Agricultura, Pecuária, Pesca e Desenvolvimento Sustentável, Carmen Crespo.

A Junta de Andalucía, o governo regional, ativou o nível 1 do Plano de Emergência e informou o corte de três estradas : a AP7 no alto de Estepona, a MA-8301 do mesmo município e a MA-8302 de Jubrique.

O vento, a umidade relativa e o calor dificultam a extinção de um incêndio que começou com duas lâmpadas e que se espalhou à noite, quando o serviço de emergência recebeu a primeira das cerca de 140 ligações alertando sobre as chamas. No momento, as causas que o originaram são desconhecidas.

A área de maior protecção, que pode ser prejudicada pelo avanço das lhamas, é o pinhal , espécie de abeto pré-histórico considerado um tesouro botânico, endémico de uma área muito limitada do sul da Península Ibérica, e que está em perigo de extinção . O maior pinsapar, Los Reales, é protegido como Área Natural desde 1989 pela Junta de Andalucía.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.