Juiz do Uruguai suspende vacina contra covid-19 para menores de 13 anos

Compartilhe

Um juiz uruguaio determinou nesta quinta-feira a suspensão “imediata” da vacinação contra a covid-19 para menores de 13 anos, argumentando que a vacina “não está cientificamente aprovada”. A medida, que atinge todo o país, será mantida até que o Governo apresente os contratos de aquisição das vacinas e publique a sua composição. 

A decisão do magistrado, acusado pelas autoridades sanitárias de não ser imparcial sobre o assunto, ocorre depois que um grupo antivacina apresentou na semana passada liminar a um tribunal para pedir a proibição desse tipo de droga em menores de 13 anos de idade. idade como “ilegal e inconstitucional”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.