Líder do Hamas admite usar escudos humanos e alvejar cidades israelenses

Compartilhe

O co-fundador do Hamas, Mahmoud al-Zahar, disse à Sky News britânica que Israel não tem o direito de existir, que alvejou civis israelenses com foguetes e justifica usar seu próprio povo como escudos humanos, alegando que tudo é aceitável de acordo com a lei internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.