Máscara, e passaporte da vacina covid deixam de ser obrigatórios no ES, anuncia Casagrande

Compartilhe

A partir desta quarta-feira (6), o uso de máscara deixa de ser obrigatório em todo o Espírito Santo. Em coletiva de imprensa realizada nesta tarde, o governador Renato Casagrande afirmou que, com os bons resultados no início de abril, redução do número de casos, óbitos e internações por covid-19 no Estado capixaba, o mapa da matriz de risco também não será mais elaborado. O passaporte vacinal também deixará de ser exigido.

“A pandemia será cuidada e gerenciada como um outro assunto da área de saúde pública do Espírito Santo, sem as medidas qualificadas. Nesse novo momento, não precisaremos usar máscaras. Estamos desobrigando o uso de máscaras”, afirmou o governador.

Ainda que o uso de máscaras tenha sido desobrigado, algumas recomendações continuam. Pessoas idosas, com mais de 60 anos, devem continuar usando a proteção, assim como quem apresenta sintomas gripais.

“Ainda temos algumas recomendações. Algumas são obrigações, como áreas de saúde. Pessoas com sintomas, usem máscaras. Isso para nós é um passo importante. Também é bom considerar que, tudo aquilo que fizemos, conseguimos salvar muitas vidas”, disse Casagrande.

PASSAPORTE DA VACINA

Além do fim da obrigação do uso de máscaras, inclusive nos ônibus e nas escolas, também não será mais exigido o passaporte da vacina. “Estamos em um quadro de melhores dados desde o início da pandemia”, finalizou casagrande.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.