Netanyahu elogia queda de Bennet, e diz que foi o ‘pior governo de Israel’ e promete formar ‘ampla’ coalizão

Compartilhe

O chefe da oposição Benjamin Netanyahu elogia o colapso iminente da coalizão como “ótimas notícias para milhões de cidadãos israelenses”.

Em um comunicado, Netanyahu diz que “depois de um ano de luta determinada da oposição no Knesset e grande sofrimento do público em Israel, está claro para todos que o pior governo da história israelense chegou ao fim.

“Um governo que dependia de apoiadores do terrorismo, que abandonou a segurança pessoal dos cidadãos israelenses, que elevou o custo de vida a níveis sem precedentes, que impôs impostos desnecessários, que colocou em risco o caráter judaico de nosso estado, este governo está indo para casa. ”

O chefe do partido Likud diz que ele e seus colegas pretendem formar “um amplo governo nacional liderado pelo Likud. Um governo que cuidará de vocês, todos os cidadãos de Israel, sem exceção. Um governo que vai cortar impostos, reduzir preços, levar Israel a conquistas incríveis, inclusive a ampliação do círculo da paz, como fizemos no passado. E acima de tudo, um governo que restitua o orgulho nacional aos cidadãos de Israel para que possam andar na rua de cabeça erguida. Com a ajuda de Deus, faremos isso e teremos sucesso”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.