Número de casos de varíola dos macacos no DF sobe para 38

Compartilhe

A Secretaria de Saúde confirmou, nesta segunda-feira (1°), o primeiro diagnóstico de varíola dos macacos em uma mulher no Distrito Federal. Na semana passada, o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS) Tedros Adhanom Ghebreyesus chegou a aconselhar ao público “reduzir o número de parceiros” ao lembrar que 98% dos casos da doença haviam sido detectados entre homens que fazem sexo com outros homens.

De acordo com a Saúde, o número de infectados pela “monkeypox” subiu para 38 em Brasília. O levantamento mostra ainda que há 97 casos suspeitos e outros 12 foram descartados. As regiões com maior número de ocorrências são o Plano Piloto, o Guará e Águas Claras.

A transmissão comunitária também foi confirmada no DF. Ou seja, não é possível rastrear a origem da infecção e o vírus já circula entre as pessoas, independentemente de viagem para o exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.