Os terremotos mais mortais no Afeganistão ao longo de sua história; confira lista

Compartilhe

O país tem uma longa história de tremores poderosos que causaram mortes.

Centenas de pessoas foram mortas no terremoto mais mortal do Afeganistão em cerca de 20 anos.

O tremor de magnitude 5,9 nas primeiras horas da quarta-feira destruiu centenas de casas nas províncias de Paktika e Khost, no sudeste do país, matando pelo menos 1 mil pessoas e ferindo cerca de 600.

O Afeganistão tem uma longa história de terremotos, muitos na região montanhosa de Hindu Kush, na fronteira com o Paquistão.

Abaixo está uma lista de terremotos poderosos que causaram mortes nos últimos 30 anos:

  • 1991, Hindu Kush: Um terremoto no acidentado Hindu Kush matou 848 pessoas no Afeganistão, Paquistão e União Soviética.
  • 1997, Qayen: Um terremoto de magnitude 7,2 na fronteira do Afeganistão e do Irã matou mais de 1.500 pessoas em ambos os países e destruiu completamente mais de 10.000 casas.
  • Fevereiro de 1998, Takhar: O terremoto na remota província de Takhar, no nordeste do país, matou pelo menos 2.300 pessoas, com algumas estimativas chegando a 4.000.
  • Maio de 1998, Takhar: Outro tremor de magnitude 6,6 na mesma região matou 4.700.
  • 2002, Hindu Kush: Dois terremotos no Hindu Kush em março de 2002 mataram um total de 1.100.
  • 2015, Hindu Kush: Um terremoto de magnitude 7,5 , um dos mais poderosos na história registrada do Afeganistão, matou um total de 399 pessoas no Afeganistão e nos vizinhos Paquistão e Índia.
  • Janeiro de 2022, Badghis: terremoto raso no distrito de Qadis, na província ocidental de Badghis, matou pelo menos 26.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.