Putin diz que míssil nuclear Satan 2 entrará em serviço até o final de 2022

Compartilhe

O presidente russo, Vladimir Putin , anunciou na terça-feira que o primeiro complexo de mísseis balísticos intercontinentais Sarmat, sem análogos no mundo, entrará em serviço até o final deste ano.

Em uma reunião no Kremlin com graduados de universidades militares, o presidente russo lembrou que um teste bem-sucedido de lançamento desse míssil foi realizado em abril passado a partir do cosmódromo de Plesetsk.

Neste contexto, o presidente russo sublinhou que um dos principais objetivos é equipar as Forças Armadas russas com modernos sistemas de armas, como o sistema de mísseis S-500, bem como drones e armas laser e eletromagnéticas.

“Nosso Exército e Marinha estão se aperfeiçoando em todos os setores mais importantes . Não há dúvida de que seremos ainda mais fortes”, disse Putin. “ Continuaremos a desenvolver e fortalecer nossas Forças Armadas, levando em consideração potenciais ameaças e riscos militares, com base nas lições aprendidas dos conflitos armados modernos”, ressaltou.

  • O míssil estratégico pesado RS-28 Sarmat tem um  alcance de 18.000 quilômetros  e uma massa de decolagem de 208,1 toneladas, com uma carga útil de cerca de 10 toneladas.
  • O corpo do projétil, com 35,5 metros de comprimento e 3 metros de diâmetro, pode acomodar até 178 toneladas de combustível líquido.
  • A ogiva do míssil, chamada  de Satan-2 segundo a classificação da OTAN , é de reentrada múltipla e possui um sistema de orientação individual para cada munição.
  • O míssil poderá se mover em direção ao seu alvo em velocidades hipersônicas  – maiores que Mach 17 –  mudando sua trajetória em curso  e altura para que nenhum sistema de defesa antimísseis possa interceptá-lo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.