Putin diz que negociações com a Ucrânia estão em “beco sem saída” 

Compartilhe

O presidente russo, Vladimir Putin, disse na terça-feira que as negociações de paz com a Ucrânia chegaram a “um beco sem saída”. 

“Agora, os requisitos de segurança são uma coisa, e as questões de regulação das relações sobre a Crimeia, Sebastopol e Donbas são retiradas do escopo desses acordos. Ou seja, voltamos novamente a uma situação sem saída para nós mesmos e para todos nós”, acrescentou, falando ao lado de seu colega bielorrusso Alexander Lukashenko em uma entrevista coletiva.  Putin prometeu que “não interromperá as operações militares” na Ucrânia até que Moscou tenha sucesso. 

O líder russo também descartou os relatos de atrocidades na cidade ucraniana de Bucha como “falsos” e os comparou a relatos “falsos” sobre o uso de armas químicas na Síria pelo regime de Assad.   

“Houve provocações na Síria, quando foi plantado o uso de armas químicas pelo governo Assad. Depois descobriu-se que era falso, o mesmo falso está em Bucha”, disse.   

A CNN viu em primeira mão uma vala comum no subúrbio de Kiev, e pelo menos 20 corpos foram vistos em apenas uma rua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.