Reino Unido pode ter o dia mais quente de sua história nesta segunda-feira

Compartilhe

Esta segunda-feira pode se tornar o dia mais quente da história do Reino Unido, com previsão de temperatura de 40°C. Seria a primeira vez que as temperaturas atingiriam esse ponto em solo britânico, informa a agência de notícias Reuters.

O recorde de calor anterior remonta a julho de 2019, quando os termômetros registraram 38,7 graus no Jardim Botânico da Universidade de Cambridge. Um recorde que pode ser quebrado hoje ou na terça-feira.

Por esse motivo, as autoridades britânicas ativaram um alerta de “emergência nacional” e elevaram o alerta sanitário de calor para o nível 4 nos dois dias. Essa classificação é usada quando uma onda de calor “é tão grave e/ou prolongada que seus efeitos se estendem além do sistema de saúde e assistência social”. Nesse nível, o clima pode causar a morte de pessoas saudáveis, pois não é perigoso apenas para a população de alto risco.

A rede do metrô de Londres respondeu a essa emergência com restrições temporárias de velocidade e pediu aos passageiros que viajem apenas se for essencial .

Da mesma forma, a operadora ferroviária Network Rail pediu aos passageiros que fiquem em casa e alertou que colocará uma rota importante entre o nordeste da Inglaterra e Londres fora de serviço por parte do dia de terça-feira, entre outros trechos. A empresa espera que as operações voltem ao normal na quarta-feira , quando as temperaturas devem cair, mas isso dependerá de “danos climáticos à infraestrutura nos próximos dias”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.