Rússia condena a decisão da União Europeia de conceder à Ucrânia a candidatura ao bloco

Compartilhe

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia condenou a decisão de Bruxelas de conceder à Ucrânia o status de candidato oficial da UE como uma medida para “conter a Rússia” geopoliticamente .

A decisão “confirma que a monopolização geopolítica do espaço da CEI (Comunidade de Estados Independentes) continua ativamente para conter a Rússia”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, em comunicado.

“ Além disso, todos os meios estão sendo usados ​​– desde alavancagem financeira e econômica até apoio militar”, acrescentou Zakharova.

A porta-voz disse que esta estratégia está fazendo com que o bloco feche os olhos aos rigorosos critérios de adesão que foram aplicados a outros candidatos da UE.

“ O futuro da ‘Europa Unida’, seus ‘ideais’ de democracia estão sendo sacrificados em prol da expansão desenfreada da UE, a escravização política e econômica de seus vizinhos”, disse Zakharova.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.