Rússia diz que destruiu sistemas S-300 dados à Ucrânia por um país europeu

Compartilhe

Na segunda-feira, os militares russos alegaram ter destruído sistemas de defesa aérea que foram “entregues ao regime de Kiev por um país europeu”. 

O Ministério da Defesa da Federação Russa disse em comunicado que os quatro lançadores S-300 estavam escondidos em um hangar perto da cidade de Dnipro, no leste da Ucrânia, e que 25 soldados ucranianos também foram atingidos no ataque, segundo a Reuters. 

“Mísseis Kalibr de alta precisão lançados no mar destruíram o equipamento de uma divisão de mísseis antiaéreos S-300 que havia sido entregue ao regime de Kiev por um país europeu”, acrescentou o ministério. 

A Rússia não detalhou qual país supostamente forneceu os sistemas de defesa aérea para a Ucrânia. 

Mas a Eslováquia, membro da Otan, que anunciou na sexta-feira que deu um sistema S-300 à Ucrânia , disse que o deles não foi atingido, relata a Reuters. 

Para saber mais sobre esta história: a Rússia diz que destruiu os sistemas de defesa aérea ucranianos oferecidos por um país europeu não identificado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.