Rússia responderá se OTAN instalar infraestrutura na Finlândia e Suécia, alerta Putin

Compartilhe

O presidente russo, Vladimir Putin, alertou na quarta-feira que, se a infraestrutura militar da Otan for implantada na Finlândia e na Suécia, seu país terá que responder de forma recíproca. 

Ao mesmo tempo, o presidente destacou que Moscou não tem problemas com Estocolmo e Helsinque, caso façam parte da Aliança.

“Não temos com a Suécia e a Finlândia os problemas que infelizmente temos com a Ucrânia. Não temos questões ou disputas territoriais, não temos nada que possa nos preocupar do ponto de vista da adesão da Finlândia e da Suécia à NATO”, assegurou o líder russo.

“Se eles querem [se juntar à OTAN], vá em frente, mas agora eles devem entender de forma clara e precisa […], que no caso de contingentes militares e infraestrutura serem implantados lá, seremos obrigados a responder de forma recíproca e criar o mesmas ameaças a esses territórios de onde as ameaças a nós são criadas. Essas são coisas óbvias”, disse Putin durante uma entrevista coletiva.

O presidente também destacou que a Ucrânia foi usada pelo Ocidente como uma ponte para piorar a posição da Rússia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.