SP terá a maior roda gigante da América Latina superando as instalações em cidades como Paris, e Toronto

Compartilhe

A empresa São Paulo Big Wheel (SPBW), classificada por meio de chamamento público, iniciou a montagem da maior roda-gigante já instalada no Brasil. A “Roda São Paulo” ficará abrigada em uma área de 4,5 mil metros quadrados, no Parque Candido Portinari, ao lado do Parque Villa-Lobos, zona oeste da capital. Com inauguração prevista até junho de 2022, o projeto integra as ações do Governo do Estado para revitalizar a região do Rio Pinheiros.

A Roda Gigante será oficialmente a maior da América Latina superando as instalados em cidades como Paris, Toronto e Chicago. De acordo com a empresa responsável, a roda tem um design único, leve e sustentada por cabos ou estais especialmente pensados para se integrar à paisagem urbana. Serão 42 cabines de observação com capacidade para até dez pessoas, ar-condicionado, monitoramento por câmeras, interfones e wi-fi. A estrutura também terá iluminação cênica, projetada para interagir com a cidade.

No total, a estrutura terá mais de mil toneladas e vai requerer o uso do maior guindaste rodoviário disponível no Brasil. A montagem está sendo realizada com todos os cuidados de segurança e de forma a não interferir na visitação do parque.

Quando concluída, a Roda São Paulo deve gerar 160 empregos diretos e indiretos. O empreendimento também conta com outros 200 trabalhadores na montagem. Os recursos para construção são privados.

“Mais que um ícone da cidade, a Roda São Paulo será um novo motor de desenvolvimento, um agente de transformação, ao contribuir, no contexto do projeto do Governo do Estado de revitalização da região do Rio Pinheiros, com a valorização dos imóveis, o surgimento de empreendimentos, com programa de educação ambiental para escolas públicas, e uma nova relação dos moradores e visitantes com São Paulo. Será um marco no desenvolvimento urbano e turístico de São Paulo, que vai mostrar a cidade de um ponto de vista privilegiado, unindo a paisagem urbana e as belezas naturais do Rio Pinheiros e dos parques”, afirma Marcelo Mugnaini, CEO da SPBW.

O executivo acrescenta que o empreendimento contará com um programa de educação socioambiental em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) para 2030.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.