Suécia e Finlândia sinaliza a intenção de se juntar a OTAN: O cenário de segurança mudou completamente.”

Compartilhe

A primeira-ministra sueca, Magdalena Andersson, pretende trazer seu país para a Otan em junho deste ano, já que a Finlândia também sinaliza a intenção de se juntar à aliança ocidental após a invasão da Ucrânia pela Rússia .

Andersson disse ao jornal sueco SvD que seu partido, os social-democratas suecos, tomou uma decisão sobre “a questão da OTAN”, com informantes do partido dizendo ao canal que o plano é apresentar seu pedido na reunião da OTAN de 29 de junho em Madri. Qualquer aplicação exigiria 75% de apoio na legislatura. 

“Este é um momento importante na história”, disse Andersson, falando ao lado de seu colega finlandês na quarta-feira. “O cenário de segurança mudou completamente.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.