Israel bombardeia Faixa de Gaza pelo segundo dia em ‘operação preventiva’, e rajadas de foguetes são disparados contra cidades Israelenses

Compartilhe

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Ran Kochav, anunciou no sábado que a operação lançada na sexta-feira contra a Jihad Islâmica Palestiniana está prevista para durar uma semana, ao mesmo tempo que esclarece que o governo não está a realizar quaisquer negociações de cessar-fogo.

As próprias forças israelenses publicaram imagens da destruição nas últimas horas, por terra e ar, de várias posições da Jihad Islâmica Palestina em Gaza.

De acordo com o Ministério da Saúde palestino, desde o início da Operação ‘Dawn Dawn’, os israelenses mataram pelo menos 15 pessoas  – incluindo uma menina de 5 anos e uma mulher de 23 anos – e  feriram 125 .

O Exército israelense estimou que matou pelo menos 12 jihadistas, incluindo o comandante da área norte de Gaza, Taysir al Jabari. Por sua vez, dois soldados israelenses ficaram levemente feridos por estilhaços.

A Jihad Islâmica Palestina, considerada por Israel como um grupo terrorista, disparou cerca de  360 ​​foguetes contra o país hebreu em resposta, 70 dos quais caíram dentro da própria Faixa de Gaza, segundo estimativas da IDF. A maioria dos projéteis que cruzaram a fronteira foi interceptada pelo escudo antiaéreo Iron Dome, que derrubou 95% dos foguetes, enquanto outros caíram em áreas abertas e no mar.

Um foguete lançado de Gaza atingiu um armazém em uma casa na cidade israelense de Sderot, no sul do país, na tarde de sábado. Os inquilinos estavam no momento em um abrigo antiaéreo e apenas danos materiais foram relatados.

Enquanto isso, dezenas de pessoas se reuniram em Umm al Fahm e na área de Wadi Ara, no norte de Israel, habitada principalmente por árabes, agitando bandeiras palestinas e carregando fotos de algumas das vítimas como sinal de repulsa aos ataques em Gaza, relata o Haaretz .

Por sua vez, o movimento palestino Hamas, que controla Gaza, e também é considerado por Israel uma organização terrorista, parece permanecer por enquanto à margem do atual confronto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.