Israel realiza ataques aéreos perto de Damasco deixa mortos; veja vídeo

Compartilhe

Quatro soldados sírios foram mortos e três ficaram feridos em um ataque israelense na madrugada de quarta-feira perto da capital Damasco, informou a mídia estatal síria.

Foi o terceiro suposto ataque israelense na Síria este mês.

A emissora estatal disse que as defesas aéreas sírias responderam ao ataque israelense. “Nossas defesas aéreas enfrentaram uma agressão israelense nos arredores de Damasco”, disse a agência de notícias SANA.

A mídia estatal síria citou um oficial militar sírio não identificado dizendo que mísseis terra-terra foram disparados do norte de Israel em posições militares perto de Damasco.

O funcionário afirmou que a maioria dos mísseis israelenses foram derrubados e que os militares sírios ainda estavam analisando os “resultados da agressão”.

Os militares sírios alegam derrubar mísseis após quase todos os supostos ataques israelenses, que oficiais militares israelenses e analistas civis de defesa descartam em grande parte como ostentação vazia.

A SANA divulgou um vídeo alegando mostrar um míssil de defesa aérea atravessando o céu noturno.

Em um comunicado posterior, a emissora disse que quatro soldados foram mortos, três ficaram feridos e “algumas perdas materiais” foram causadas

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede na Grã-Bretanha, uma organização de oposição pró-síria, afirmou que os ataques mataram nove, incluindo um quinto soldado sírio e outros quatro combatentes apoiados pelo Irã. A alegação não pôde ser verificada e não foi relatada por outras fontes na Síria. O grupo tem sido regularmente acusado por analistas de guerra sírios de inflar o número de baixas, além de inventá-las no atacado.

O SOHR também afirmou que pelo menos cinco locais separados – um depósito de munição e várias posições ligadas à presença militar do Irã na Síria – foram alvos do último ataque israelense.

A Síria relatou dois outros ataques israelenses perto de Damasco no início deste mês, incluindo um ataque aéreo diurno raro.

Após o suposto ataque diurno, a mídia local relatou explosões perto da cidade de Masyaf, que se acredita ser usada como base para forças iranianas e milícias pró-iranianas e tem sido repetidamente alvo de ataques atribuídos a Israel nos últimos anos.

No início de março, ataques israelenses perto de Damasco mataram dois oficiais da Guarda Revolucionária do Irã. Os Guardas prometeram vingar os assassinatos e, posteriormente, lançaram ataques contra o que eles alegaram ser um “centro estratégico” israelense na região autônoma do Curdistão, no Iraque.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.