OMS registra 429 casos de hepatite ‘misteriosa’ em crianças em 22 países

Compartilhe

A cientista do Programa Global de Hepatites da Organização Mundial da Saúde, Philippa Easterbrook, declarou esta terça-feira, durante uma conferência de imprensa, que registaram, desde 15 de maio, pelo menos 429 casos de hepatite aguda de origem desconhecida em 22 países.

Easterbrook observou que o número de países que relataram mais de cinco casos prováveis ​​de hepatite aumentou de 6 para 12 em menos de uma semana, acrescentando que nove desses países estão na região europeia. Os dez países restantes relataram menos de cinco casos prováveis. Além disso, ele explicou que há outros 40 casos adicionais pendentes de classificação.

O cientista informou que seis crianças morreram de infecção por hepatite, e que outras 26 precisaram de transplantes, acrescentando que cerca de 75% das crianças infectadas tinham menos de cinco anos de idade. Ele também comentou que 15% das pessoas que foram internadas necessitaram de internação na unidade de terapia intensiva. Por último, instou os Estados membros a continuar investigando e denunciando os casos.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.