Ucrânia recebe mais armas para defender ‘soberania polonesa’

Compartilhe

A Polônia forneceu a Kiev armas no valor de 1,6 bilhão de dólares “para defender a soberania ucraniana, polonesa e europeia” em meio à guerra russa em andamento na Ucrânia, disse o porta-voz do governo polonês Piotr Muller neste sábado.

Num post  nas suas redes sociais, o porta-voz referiu-se ao anúncio feito no mesmo dia pelo primeiro-ministro do país, Mateusz Morawiecki: “A Polónia forneceu à Ucrânia armas no valor de cerca de 7 mil milhões de zlotys polacos”, disse. “Isso significa mais de 1,6 bilhão de dólares para defender a soberania ucraniana, polonesa e europeia”, disse Muller.

Varsóvia ecoa a ideia de que, lutando contra a Rússia, os ucranianos estão defendendo seus vizinhos e todo o continente europeu: “Eles estão lutando por nós, pela Europa, pela liberdade, pela paz na Europa e o mundo inteiro deve estar ciente disso em todos os momentos “, disse o primeiro-ministro  durante uma conferência de imprensa.

Como os ucranianos não seriam capazes de revidar “sem uma grande quantidade de armamento” , incluindo equipamento pesado, observou Morawiecki, a Polônia está tentando ajudá-los “em todas essas dimensões”, acrescentou.

Suas declarações refletem a posição dos oficiais ucranianos, que afirmam que o futuro das hostilidades “será resolvido na frente, no campo de batalha” , e que ao combater as forças russas a Ucrânia não está apenas se defendendo, mas fortalecendo a segurança da Europa e A OTAN e, portanto, precisa de “armas, armas e armas”, como sublinhou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmitri Kuleba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.